Conspirações

10 Teorias e conspirações sobre marte

|
Créditos:Solarsystemscope
Os seres humanos têm sido fascinados por Marte desde a antiguidade. Agora, estamos trabalhando para que o homem finalmente chegue até lá. No entanto, os teóricos da conspiração e alguns amantes do mistério mais radicais, irão dizer-lhe que o homem já esteve em Marte. Estas histórias, por mais loucas que possam parecer, — e será que não existe algum fundo de verdade na loucura? — são no mínimo, uma leitura bem interessante, para não dizer, intrigante. Como eu sei que os ávidos leitores do Zona 33 curtem mistérios e teorias sinistras, confiram agora 10 teorias do outro mundo sobre nosso vizinho celestial, Marte.


10.

Seria Phobos na realidade uma estação espacial?

Créditos:NASA
Quando a Agência Espacial Europeia afirmou que uma das luas de Marte, Phobos, parecia ser oca, ela espelhou as descobertas do astrofísico russo Dr. Iosif Shklovsky (1916-1985) em meados do final dos anos 60. Não só Shklovsky acreditava que Phobos é oca, como também levando em conta a sua órbita incomum e desigual, ele acreditava que havia uma possibilidade real de que ela seja artificial.
Ao longo dos anos, muitos ufólogos, entusiastas da vida extraterrestre, e até mesmo teóricos dos antigos astronautas têm se apoiado firmemente nas descobertas de Shklovsky. Uma das principais teorias que corre entre esses grupos de pensadores à respeito de Phobos, é de que ela foi colocada em órbita propositalmente e é de fato uma antiga estação espacial de marte, usada possivelmente como um ponto de partida para missões espaciais ou como um dispositivo de alerta para chegada de objetos como asteroides.
A linha de pensamento dominante — ou seja, ao contrário das conspirações — supõe que o "vazio" pode ser simplesmente água ou algum outro líquido, aprisionado dentro da lua marciana. Outra possibilidade é de que quando Phobos foi formada a partir de múltiplos fragmentos de asteroides grandes, vazios naturais se formaram no interior da estrutura. Phobos é mais semelhante à uma pilha de rochas flutuante do que uma estrela da morte da vida real em formato de batata.

Houveram numerosas tentativas de enviar sondas para Phobos, mas, estranhamente, todas acabaram tendo diversas falhas no sistema, o que sempre resulta em missões não concluídas. Para alguns, isso não é mera coincidência, e não só sugere que Phobos é algum tipo de estrutura artificial em órbita de Marte, mas também que ainda está ativa.



09.

A Esfinge e as pirâmides de Marte

Não só uma esfinge supostamente situa-se na superfície de Marte, como também fica bem em frente ao que alguns afirmam ser pirâmides.
Embora os principais pesquisadores e especialistas afirmem que as pirâmides sejam apenas montanhas formadas naturalmente, alguns acreditam que suas medições precisas e as dimensões percebidas das estruturas, tornam elas exatamente isso — estruturas! A possibilidade de que elas sejam vulcões também é altamente improvável, pois a única região vulcânica conhecida de Marte fica na região de Tharsis, à 3.200 km de distância das supostas pirâmides em Cydonia.
Então, se realmente existem uma esfinge e pirâmides em Marte, elas estariam ligadas de alguma forma com a Esfinge no Egito e as pirâmides de Gizé? Como você deve ter adivinhado, algumas pessoas acreditam firmemente que sim. Elas argumentam que o nome da cidade do Cairo em árabe, al-Qahirah, se traduz diretamente tanto para "O(a) Vitorioso(a)", como também —talvez mais interessante ainda— "O lugar de Marte." Também afirma-se que a Esfinge de Gizé já foi pintada de vermelho. E como uma última peça de "evidência", é notável que pareça haver montes de rocha na área em frente às supostas pirâmides. Seriam elas apenas pedras naturais? Ou talvez elas seriam escombros de edifícios derrubados de uma antiga civilização?
Alguns até já estudaram profundamente as imagens aéreas de Cydonia e acreditam que eles não só viram uma terceira pirâmide, mas que também as três pirâmides em Marte parecem coincidir com o layout das Pirâmides de Gizé. A NASA alega que desde que partes das imagens estão desfocadas, as pessoas experimentam pareidolia, vendo objetos definidos onde na verdade não existe nada além de padrões aleatórios e formas.



08.

Projeto Redsun — A missão secreta à Marte

De acordo com uma história que apareceu pela primeira vez em 2011, houve uma missão secreta na década de 70 para estabelecer uma base em Marte. Após a Apollo 17, a última missão lunar tripulada, a NASA supostamente começou a realizar missões espaciais secretas. Uma delas, o Projeto Redsun(sol vermelho, em inglês), foi dito ser uma missão conjunta entre os Estados Unidos e a União Soviética para começar, finalmente, a colonização do planeta Marte. Um primeiro grupo foi dito ter chegado ao planeta vermelho no final de 1971, o qual seria essencialmente parte de uma missão de coleta de informações. A segunda missão teria supostamente sido lançada em agosto de 1973, a bordo da ISV Columbus, levando dois astronautas norte-americanos, o comandante Elliot See e o piloto William Rutledge, além de um cosmonauta russo, Vladimir Ilyushin.
Um vídeo supostamente vazado da missão, apareceu no YouTube. Acusado de ser um vídeo de treinamento da NASA, ele continha  um filme de 16 mm do Projeto Redsun. Existe um debate óbvio quanto à sua autenticidade; a grande maioria das pessoas acredita que ele seja um hoax — embora um hoax MUITO bem feito, para dizer o mínimo.
A história desse projeto foi relatada pelo ufólogo italiano Luca Scantamburlo, e seu delator parecia ser Rutledge, o piloto da missão de 1973 do projeto Redsun. Rutledge também falou de vários outros projetos top secret, incluindo um que teria descoberto uma base alienígena na lua. Uma coisa é fato, Rutledge afirmou sobre a informação da suposta missão que ele havia vazado:
Eu sou o delator. O que a NASA ou a USAF(força aérea dos Estasdos Unidos) pode fazer agora? Me impedir de falar ou me processar seria uma confirmação. Eles podem apenas falar de fraude ou ficção.
Se você ficou curioso(a) para saber o que aparece no vídeo da suposta missão à Marte, é só conferir ele abaixo:




07.

Empregada da NASA testemunha homens andando em Marte em 1979

Créditos:Pics-about-space
Em 2014, uma mulher, que se identificou apenas como Jackie, telefonou para o programa de rádio Coast To Coast AM. Ela alegou que o homem já caminhou sobre Marte, e que isso ocorreu em 1979, e que ela havia testemunhado isso.
Jackie afirmou que seu trabalho era baixar dados de telemetria e que ela era parte da equipe "do andar de baixo" da NASA. Enquanto ela estava fazendo seu trabalho, ela alegou ter testemunhado homens que andavam em Marte via uma transmissão ao vivo da NASA. Ela declarou que ambos estavam vestidos em trajes espaciais, embora eles não estivessem com aquele tipo de traje "volumoso" que estamos acostumados a ver. De acordo com Jackie, eles vinham andando ao longo do horizonte em direção à sonda Viking.
Jackie também afirmou que seis outros empregados da NASA testemunharam o incidente com ela. Quando eles correram para cima para falar com as pessoas diretamente responsáveis ​​pela missão, eles descobriram que a porta havia sido trancada e que haviam colado papel nos vidros das portas para bloquear a visão de qualquer coisa que estivesse acontecendo na sala.
Até agora, nenhum dos outros supostos seis funcionários vieram à tona para corroborar as afirmações de Jackie.





06.

Teste de vida em Marte de Gilbert Levin foi suprimido

Reprodução/Youtube
De acordo com Gilbert Levin, ele provou que existe vida em Marte em 1976, e desde então, ele vem tentando provar que provou isso, entenderam? — quase um paradoxo.
Um experimento chamado "liberação marcada" foi realizado pela primeira rover Viking que pousou no planeta vermelho. Levin afirma que utilizou métodos que foram pré-aprovados e aceitos pela NASA, e que seu experimento identificou positivamente vida orgânica em amostras de solo tiradas logo após o contato. No entanto, porque outros dois experimentos feitos ao mesmo tempo não corroboraram com o seu resultado positivo, a liberação marcada foi essencialmente descartada.
Apesar de não endossar diretamente Levin, Chris McKay, um empregado da NASA Ames Research Center, afirmou que os dois outros testes que a NASA realizou poderiam muito bem terem sido falhos. Ele observou que em um teste realizado no deserto do Atacama, no Chile, usando exatamente o mesmo equipamento, mostrou que não haviam moléculas orgânicas presentes, embora saiba-se que o solo contenha vida orgânica.



05.

Panspermia — Nós viemos de Marte

Reprodução/Earth-chronicles
Em 2013, dois cientistas diferentes pareceram "apoiar" a controversa teoria da panspermia — que a vida chegou à Terra (neste caso, vindo de Marte) em forma molecular, dentro de um asteroide, o que acabou por semear nosso planeta. Steve Benner, que é um dos principais químicos à buscar as origens da vida, e Christopher Adcock, um dos principais autores sobre o tema, concordaram que esta teoria, para eles, é muito provável de ser real.
A teoria em si, remonta ao século V a.C., quando o filósofo grego Anaxágoras fez referência à ela, embora em escala muito menor, em seus escritos. A teoria foi passada adiante ao longo dos séculos, e como os nossos horizontes têm se expandido, resultou na teoria da panspermia. Quando asteroides encontrados em 1984 e 1996, mostraram moléculas orgânicas, a teoria ganhou popularidade novamente.
A maioria dos cientistas agora concorda que Marte era um planeta muito diferente bilhões de anos atrás. Ele teria tido uma atmosfera e oceanos de água líquida, e com toda a certeza, era muito capaz de suportar a vida.

Outra vertente mais radical, sugere que a própria humanidade veio de Marte (nesse caso, a vida não foi semeada através de moléculas, mas as próprias pessoas que vieram em naves ou stargates), e colonizou o planeta Terra há muito tempo atrás, e agora retoma o caminho inverso... de volta ao lar, o qual sempre nos causou fascínio e uma atração quase mística desde os primórdios. Mas enfim, enquanto não existem provas para apoiar, isso não passa de uma teoria interessante.



04.

Guerra nuclear em Marte?

Reprodução/Valuewalk
Em 2014, o físico teórico do plasma, John Brandenburg, afirmou que Marte teria sofrido pelo menos duas grandes explosões nucleares durante a sua vida. Brandenburg localizou uma grande quantidade de xenônio-129 em sua atmosfera, bem como quantidades excessivas de urânio e tório em seu solo, como prova de sua teoria. Além disso, ele não acredita que essas explosões tenham ocorrido naturalmente, como a maioria dos cientistas ortodoxos diriam.
Três anos antes, em 2011, Brandenburg afirmou que as regiões de Cydonia e Utopia em Marte continham todas as características de uma antiga civilização humanoide avançada e que apenas nesses locais é que existem evidências de que algum tipo de desastre tenha ocorrido. Embora ele inicialmente tenha alegado que esses desastres nucleares provavelmente ocorreram naturalmente, algo sobre a localização das explosões o perturbou profundamente.
Em 2014, impulsionado pela estranha coincidência que os dois únicos lugares onde ele acredita haver evidências de desastre nuclear, também são as duas únicas áreas que mostram indícios contundentes  de que tenha existido uma sociedade no passado, Brandenburg acredita que as explosões não ocorreram naturalmente(agora), mas que foram planejadas e propositais. Ele afirmou ter provas consistentes de que ocorreram "explosões mistas de fusão e fissão" e sugeriu que uma bomba nuclear tenha sido usada.
Indo ainda mais longe, Brandenburg concluiu que é mais do que razoável sugerir que os ataques tenham sido lançados por uma raça alienígena, ou seja, uma inteligência orgânica.
Nem precisa dizer que as idéias de Brandemburg são populares entre os teóricos da conspiração, no entanto elas não têm o apoio de todos os cientistas tradicionais.



03.

Stargate encontrado em Marte

Reprodução/Stargate series
Em setembro de 2015, pesquisadores da área de ufologia, ao analisar fotografias da superfície marciana, se depararam com o que eles acreditavam ser um stargate semi-enterrado no solo. As linhas extremamente retas do objeto, aparentemente chamaram a atenção das pessoas. Havia também o que pareciam ser os restos de um telhado que teria sido danificado há muito tempo. No meio da estrutura alinhada linearmente, parecia haver uma abertura circular. Abaixo você pode conferir a tal imagem:
Créditos:NASA
Embora essas teorias selvagens estejam em linha com outras teorias de antigas civilizações avançadas em Marte, neste caso particular, não há absolutamente nenhuma evidência científica para apoiar a teoria. Mesmo que o objeto for provado ser artificial — o que ainda seria uma grande descoberta — não há nada sugerindo que seja um portal de qualquer tipo. Embora alguns escritos antigos falem sobre coisas existentes entre o nosso planeta e Marte, essas interpretações são muito debatidas.
A NASA não parece ter nada a dizer sobre este "avistamento" em particular, mas alguns teóricos da conspiração sugerem que eles estão muito conscientes da tecnologia antiga existente no planeta vermelho, e que é por isso que eles estão com tanto fervor com relação à Marte. Mais cedo ou mais tarde...



02.

A Face de Cydonia e a antiga cidade

Reprodução/Missão:Marte - Touchstone Pictures
Talvez o primeiro grande mistério de Marte na idade moderna seja a alegada "Face de Marte", que foi vista pela primeira vez pelo mundo em 1976, em uma das muitas fotografias tiradas durante a missão da sonda Viking. Quando ela foi vista pela primeira vez, a maioria das pessoas concordaram que eles poderiam ver um rosto encarando eles a partir da superfície marciana. Outros estudos têm afirmado oficialmente que este era nada mais do que um truque de luz, e fotografias da mesma área em 1998 e 2001 parecem confirmar isso.


No entanto, os teóricos da conspiração afirmam que as imagens feitas posteriormente foram intencionalmente tiradas de diferentes ângulos de modo a produzir uma visão diferente. Eles também afirmam que a estrutura em si é muito precisa para ser natural.
Talvez mais controversa ainda, seja a afirmação de que existem restos "óbvios" de uma antiga cidade nas proximidades da face, incluindo as pirâmides acima mencionadas (item #9). Eles acreditam que a quantidade incomum de "estruturas" encontradas aqui, sugerem que sejam restos de edifícios destruídos de uma sociedade que deve ter existido há milhares de anos. Eles também observam a disposição aparentemente precisa e planejada da cidade.
Os pesquisadores afirmam que antes da última mudança de pólo em Marte, tanto a cidade quanto a face, estariam localizadas diretamente no equador marciano, algo que eles acreditam ter sido planejamento óbvio. Os autores Graham Hancock, Robert Bauval e John Grigsby examinaram a alegada cidade marciana em detalhes no livro The Mars Mistery—A Tale Of The End Of Two Worlds (O Mistério de Marte—Uma História do Fim de Dois Mundos). Suas descobertas em particular parecem apoiar que as estruturas são de fato os restos de uma antiga civilização.



01.

Os diversos "objetos" aleatórios encontrados em Marte

A partir da missão Viking até os dias atuais, as pessoas na Terra têm tido a oportunidade de ver milhares de imagens do terreno marciano. Enquanto a maioria enxerga um planeta desolado, um mundo de areia e pedras, alguns já escolheram alguns pontos turísticos muito bizarros que são ao menos, interessantes.
Em 2015, uma fotografia foi destacada que supostamente mostrava um pilar ou coluna em ruínas com o que pareciam ser petróglifos, mais uma reminiscência do antigo Egito. No verão do mesmo ano, uma fotografia se espalhou pelas mídias sociais que mostrava o que parecia ser uma mulher alienígena nas montanhas de marte. Anos antes, uma fotografia ainda mais famosa, dizia ter capturado uma mulher andando ao longo da superfície do planeta vermelho.

Reprodução/Telegraph
Houve numerosas supostas imagens que alegam conter os restos de ossos humanos e até mesmo crânios na superfície de Marte, enquanto outros afirmaram ter visto animais marcianos, como lagartos e até ratos. Talvez o mais famoso deles fez suas voltas pela Internet em 2015, quando um entusiasta com olhos de águia afirmou ter visto um caranguejo marciano em uma foto tirada do planeta.

Reprodução/unexplained-mysteries
Oficialmente, todos estes avistamentos são meros truques de iluminação, mas os pesquisadores e teóricos da conspiração acreditam que a câmera não mente e afirmam que há muito mais nas imagens do que está sendo dito. Sem dúvida, os "avistamentos" continuarão até que finalmente tenha uma missão tripulada em solo marciano. Ou será que já teve?




Fonte(s): Listverse