10 Terríveis hospitais e sanatórios assombrados

|
Os hospitais são, em geral, lugares que carregam uma aura assustadora. Afinal, você está falando de grandes estruturas, estéreis, labirínticas, onde muitas vezes as pessoas morrem. E isso falando apenas de hospitais médicos normais. Eu nem sequer toquei na parte dos hospitais psiquiátricos, que muitas vezes elevam o fator aterrorizante para outro nível.
De qualquer forma, há uma razão para que um monte de filmes de terror sejam baseados em  hospitais velhos, decrépitos e abandonados. Estes edifícios estão em todo o mundo, e muitos deles são assustadores por razões que parecem alheias apenas olhando por fora. Aqui estão 10 exemplos desses lugares tenebrosos.



10.

Hospital Royal Hope

Florida, EUA
hospital, manicômio, sanatório, assombrado, fantasmas, terror, medo, real
Localizado em St. Augustine, Flórida, o Hospital Royal Hope era um hospital militar espanhol de 1784 à 1821, antes de eventualmente ser demolido. Uma réplica do hospital original foi mais tarde construído para abrigar os feridos durante a Guerra Seminole. Eventualmente, os trabalhadores da cidade de Santo Agostinho foram tentar reparar algumas linhas de água e escavaram na área do antigo hospital, apenas para descobrir que ele havia sido construído sobre o que parecia ser um antigo cemitério indígena.

Sim, estamos falando de um exemplo da vida real do infame roteiro de filme de terror (Poltergeist, hein, hein?!). Como você poderia esperar, devido à sua história bastante horrível, e o fato de que ele foi construído sobre os fundamentos sagrados, muitos relatos têm sugerido que é, de fato, um dos lugares mais assombrados de toda a Flórida.

Na sala de cirurgias, têm havido relatos de equipamentos tremendo por conta própria; enquanto na enfermaria, os visitantes têm dito que as camas têm realmente pulado por conta própria e batido em suas pernas enquanto eles passavam. Tudo isto apesar do fato de não ser o edifício original. No entanto, aqueles que acreditam, dizem que os espíritos daqueles que morreram no hospital permaneceram nas terras através de todos esses anos.



09.

Sanatório Tranquille

Canadá
hospital, manicômio, sanatório, assombrado, fantasmas, terror, medo, real
Localizado no lago Kamloops, em British Columbia, Canadá, o Sanatório Tranquille começou sua vida como um rancho, antes dos proprietários começarem a cuidar de pacientes com tuberculose. Foi convertido em um hospital completo em 1907, especificamente concebido para o tratamento de vítimas de tuberculose. Após o tratamento de mais de 4.000 pacientes ao longo dos anos, fechou na década de 1950 e rumores começaram a surgir de que, no momento de seu fechamento, não havia nenhum sinal de pacientes ou funcionários, no entanto, têm sido mais ou menos provados serem falsos.

Ele iria eventualmente reabrir, servindo principalmente como um hospital e centro de treinamento, mas depois fechou suas portas definitivamente em 1985. Você pode realmente reconhecê-lo a partir de vários filmes, incluindo a versão recente de "Esquadrão classe A", assim como vários programas de televisão. Ao longo dos anos, têm havido relatos de misteriosos orbes flutuantes em toda a instalação, sentimentos inexplicáveis de tristeza, mal-estar e quedas bruscas de temperatura. Há também relatos de vozes misteriosas e figuras espectrais, incluindo o de uma enfermeira que foi supostamente assassinada por um paciente.



08.

Hospital psiquiátrico Sai Ying Pun

Hong Kong
hospital, manicômio, sanatório, assombrado, fantasmas, terror, medo, real
Localizado em Hong Kong, Sai Ying Pun era um hospital psiquiátrico construído em 1892. Chegou a ser conhecido como a casa assombrada da rua, devido aos muitos contos do sobrenatural que surgiram. Ele foi inicialmente utilizado como alojamento para a equipe de enfermagem até a Segunda Guerra Mundial. Naquela época, dizia-se que foi apreendido por soldados japoneses e utilizado como sala de execução. Serviu como um hospital psiquiátrico de 1947 à 1961, e posteriormente tornou-se uma unidade psiquiátrica ambulatorial até 1971.

Hoje em dia, você não fala sobre seus rumores fantasmagóricos apenas olhando para ele, já que é um centro de habitação comunitário de várias organizações de caridade. Quando foi abandonado na década de 1970, começaram a circular boatos dos sons de uma mulher chorando, ou um som alto, ensurdecedor, que emana do edifício. Pegadas misteriosas, visões de um homem diabólico que aparece no segundo andar antes de explodir em chamas e espíritos decapitados vagando pelos corredores à noite foram todos relatados.



07.

Hospital Nocton Hall

Inglaterra
hospital, manicômio, sanatório, assombrado, fantasmas, terror, medo, real
Diferentemente da maioria dos outros hospitais, Nocton Hall começou a vida como uma casa senhorial imponente até a I Guerra Mundial, quando foi retomado e usado pelas forças americanas como um lugar para os soldados feridos descansarem e se recuperar. Foi usado novamente durante a Segunda Guerra Mundial como um hospital militar e foisido utilizado de forma semelhante desde então, incluindo a utilização como um hospital militar durante a Guerra do Golfo. O edifício intimidante foi abandonado em 1995, e vários casos de incêndio criminoso, tornaram inutilizável novamente.

São inúmeras as histórias de um fantasma em particular que assombra o local — o espírito de uma jovem chorando, cuja presença tem sido relatada por várias pessoas que ficaram no prédio. Ela é dita assombrar um quarto específico mais do que os outros, com inúmeras pessoas que afirmam terem sido acordadas exatamente às 4:30 da manhã para ver a menina espectral ao pé da cama, chorando (isso na época em que o edifício funcionava, agora está só o pó da rabiola, como podem ver na foto acima). A história conta que ela é, aparentemente, o fantasma de uma criada que foi estuprada e assassinada pelo filho do homem que possuía Nocton Hall antes de se tornar um hospital militar.



06.

Hospital Old Changi

Cingapura
hospital, manicômio, sanatório, assombrado, fantasmas, terror, medo, real
Construído em 1935, o Hospital Old Changi tornou-se conhecido como um dos lugares mais assombrados de toda Cingapura através dos anos. Na época em que foi construído, ele serviu como o Hospital da Força Aérea Real e mais tarde foi usado pelos japoneses como um campo de prisioneiros. Foi logo nessa época que Hospital Old Changi se tornou uma câmara de tortura.

Então não deve ser surpresa que são regularmente relatados avistamentos de fantasmas que se acreditam serem as vítimas dos japoneses. Hoje em dia, o edifício se encontra abandonado. Desde 1997, quando cessou a operação, tem sido o local de muitos shows de temática sobrenatural, com equipes de filmagem tentando capturar provas de uma presença sobrenatural nos quartos e corredores decrépitos e assustadores. Os visitantes do Old Changi também têm muitas vezes relatado histórias assustadoras de ruídos e encontros estranhos e, ocasionalmente, sensações de náusea ou sentindo a presença de um espírito seguindo-os, mesmo depois que eles deixaram o local.



05.

Manicômio Ararat

Austrália
hospital, manicômio, sanatório, assombrado, fantasmas, terror, medo, real
Hoje ele é conhecido como Aradale, mas quando abriu em 1867, era chamado de Hospital de doidos Ararat (Ararat Lunatic Asylum), e foi o maior em toda a Austrália, com alguns métodos de tratamento bizarros e horríveis. Ao longo de sua época de funcionamento como um manicômio que "cuidava" da saúde mental dos pacientes, Ararat abrigou dezenas de milhares de pacientes. Ele também teria sido o lar de alguns dos psicóticos mais perigosos e violentos do mundo.

Ele permaneceu aberto durante 130 anos, tempo durante o qual um escalonamento de 13 mil pacientes morreram lá, provavelmente por isso que ele é conhecido como um dos lugares mais assombrados de toda a Austrália. A instalação fechou em 1998, mas foi reaberto três anos depois pelo Instituto de Educação Técnica e Avançada do Norte de Melbourne como um campus para o Colégio Australiano de Wine. Aparições de fantasmas ainda são frequentes, e passeios assombrados são realizados através de várias partes da instalação, incluindo o necrotério. O clima pesado do local e a aura assombrosa fazem jus ao local onde milhares de pacientes mentais morreram, e agora suas almas atormentadas vagam.



04.

Hospital Severalls

Inglaterra
hospital, manicômio, sanatório, assombrado, fantasmas, terror, medo, real
Existe algo especialmente aterrorizante em hospitais psiquiátricos, e é provavelmente por isso que muitos estão envoltos em rumores e especulações sobre assombrações. O Hospital Severalls em Colchester, Inglaterra, não é diferente, e provavelmente não faz nem um pouco mal à sua reputação assombrada o fato de que já foi conhecido pela realização de experimentos psiquiátricos, como a lobotomia frontal completa e a terapia de eletrochoque substancial.

Em uma reviravolta bastante aterrorizante, tem sido sugerido que estes tratamentos, que eram considerados como curas, foram utilizados em pessoas que apresentavam mau humor ou rebeldia adolescente. Também assustador é o fato de que vários dos pacientes do sexo feminino foram internados por suas famílias depois de darem à luz filhos bastardos, muitas vezes o resultado de serem estupradas.

O hospital foi inaugurado em 1913, com tratamentos psiquiátricos reais sendo cessados no início de 1990. Ele fechou por completo em 1997, e desde então tem sido sujeito a vandalismo desenfreado, mas de qualquer forma, manteve-se praticamente intacto. Claro, ele provavelmente não vai permanecer intocado por muito tempo, já que os planos de desenvolvimento atuais podem resultar no hospital sendo demolido, a fim de redirecionar o uso do terreno. Ainda assim, caçadores de fantasmas frequentam a antiga instituição mental e são especialmente interessados pelo necrotério (porque será?).

Dito todas as especificações dos tratamentos nada ortodoxos (para não dizer cruéis) aplicados em seus pacientes ao longo dos anos, não fica difícil explicar o motivo de assombrações agressivas presentes no local.



03.

Manicômio Beechworth

Austrália
hospital, manicômio, sanatório, assombrado, fantasmas, terror, medo, real
Originalmente conhecido como Manicômio de Mayday Hills (Mayday Hills Lunatic Asylum), Beechworth era um hospital irmão de Ararat, em Victoria, Austrália, e ficou aberto por 128 anos antes de fechar suas portas para sempre em 1995. Ambos Beechworth e Ararat foram abertos no mesmo ano após a única instituição mental de Victoria começar a sofrer com a superlotação. No seu auge, Beechworth alojou cerca de 1.200 pacientes, e foi muito fácil ter alguém internado no local, exigindo apenas duas assinaturas para fazê-lo.

Existem relatos de mortes e desaparecimentos misteriosos em Beechworth, e no primeiro laboratório da instalação para a experimentação, operações e autópsias, frascos cheios de partes do corpo humano adornavam as prateleiras por toda a sala. Estes frascos, desapareceram misteriosamente, após um incêndio que tomou conta de parte de Beechworth na década de 1950, os frascos desapareceram por volta da época do restauro das instalações. É claro que, quando você considera que o primeiro superintendente de Beechworth acreditava que a lua causava insanidade e, portanto, nunca saía à noite sem um guarda-chuva, algumas dessas práticas bizarras começam a fazer mais sentido. No geral, cerca de 9.000 pacientes morreram em Beechworth, incluindo uma jovem que misteriosamente foi jogada de uma janela. Sua morte continua sem solução. Vultos estranhos, sensações de arrepios e atividades paranormais eram parte da rotina local.
Ah, não se preocupe. Tours assombrados e de assassinatos ainda são oferecidos na instalação.



02.

Hospital Mental de Athens

Ohio, EUA
hospital, manicômio, sanatório, assombrado, fantasmas, terror, medo, real
O Hospital Mental de Athens, localizado em Athens, Ohio, abriu as suas portas em 1874 e ao longo dos anos adotou alguns apelidos diferentes, incluindo o Hospital de Athens para insanos, e manteve-se em funcionamento até 1993. Por volta de 1950, o hospital estava tratando mais de 1.800 pacientes de uma só vez, e tornou-se famoso pelo procedimento de lobotomia e por abrigar criminosos violentos infames. Ao longo do tempo, o hospital ficou conhecido como The Ridges, embora sua história tenha sido um pouco envolta em mistério.

O mistério é em grande parte devido ao fato de que todas as informações sobre os pacientes seja mantida sob estrito sigilo, com permissão especial necessária expedida pelo estado de Ohio para obter acesso. Há também mais de 1.900 pessoas enterradas no jardim, com suas lápides marcadas apenas por um número, não há nomes ligados à elas. Eventualmente, uma grande parte do terreno foi dado à Universidade de Ohio.

hospital, manicômio, sanatório, assombrado, fantasmas, terror, medo, real
Uma coisa que dá a este hospital, um fator de terror extra é o desaparecimento de uma paciente em 1978. Seu corpo foi encontrado um ano depois, em uma ala abandonada, e você ainda pode ver uma mancha no chão (imagem à esquerda), onde o seu corpo foi encontrado, mais de três décadas depois.

Muitos mistérios rondam esse local e as experiências as quais os pacientes foram supostamente submetidos, ficam apenas no imaginário... O que não precisa nem falar, é claro, é sobre o motivo das assombrações. Um local onde milhares de corpos estão enterrados e a maior parte dos que ali jazem, foram pessoas com mentes extremamente atormentadas e que comeram o pão que o diabo amassou com a bunda naquela instituição... Resultado: Muitas assombrações bizarras!



01.

Hospital Estadual de Taunton

Massachusetts, EUA
hospital, manicômio, sanatório, assombrado, fantasmas, terror, medo, real
Localizado em Taunton, Massachusetts, o Hospital Estadual de Taunton foi construído em 1854 como um hospital psiquiátrico, e possui uma história bastante horrível. Um dos pacientes mais famosos do hospital era Jane Toppan, uma serial killer que confessou ter assassinado pelo menos 31 pessoas, enquanto trabalhava como enfermeira. E, no entanto, de acordo com algumas das histórias, as pessoas que trabalhavam no Hospital Estadual de Taunton podem realmente ter sido ainda mais aterrorizantes do que muitos dos pacientes criminais insanos que o local abrigava.

Persistem rumores de que alguns dos médicos e enfermeiros levavam os pacientes para o porão e usavam-nos para realizar rituais satânicos (olha o nível da bagaça), e em seus últimos anos, os pacientes e os médicos relataram sentir uma tremenda sensação de desconforto só de chegar perto da porta para o porão. Existem inúmeros relatos de um "homem sombra" que rastejava pelas paredes e observava os pacientes. Pelo menos eles não se sentiam solitários, certo?

Pelo nível das bizarrices que ocorriam no local, não fica muito difícil imaginar o que aconteceu. Atividades demoníacas e sombras sinistras não eram raras no local e isso foi até a noite do dia 16 do Março de 2006, quando um incêndio massivo surgiu no centro do edifício. Reza a lenda que foram as chamas do inferno trazidas pelos demônios invocados no local... Em maio de 2009 demoliram o que restou das seções após o incêndio.


fantasmas, assombrações, espectros, medo, terror


Foto de capa  (Placebofx)