O Homem de Taured

Um dos eventos mais desconcertantes do século 20 não envolve discos voadores, teorias da conspiração, um ato criminoso, ou mesmo avistamentos de criaturas estranhas. Ele ocorreu em um dia aparentemente normal. Em um dos mais tediosos lugares mundanos que se poderia imaginar: Um aeroporto. No entanto, até hoje, ninguém sabe exatamente o que aconteceu lá, ou porque um viajante de negócios tornou-se o coração de um enigma praticamente esquecido por nosso mundo moderno.


zona33, universos paralelos, mistério, taured, tóquio, insólito, casos reais, viagem entre dimensões
Aeroporto Haneda em 1954. Fotografado por Rodney Stich

O ano de 1954 foi mais quente do que o normal em Tóquio, mas no Aeroporto Haneda estava mais movimentado que de costume. Isto é, naturalmente, até em uma data desconhecida, quando um avião Europeu de rotina deixou seus passageiros. Enquanto a multidão fazia o seu caminho como de costume, um homem caucasiano de meia idade, ordenadamente vestido, disse às autoridades que era apenas uma viagem de negócios normal, uma das três que ele havia feito neste ano para o Japão. Sua língua principal era o francês, mas ele também falava japonês e vários outros idiomas. Em sua carteira havia uma variedade de moedas de vários países europeus, como se para verificar suas tendências de passageiro frequente.

Quando lhe perguntaram por seu país de origem, as coisas ficaram estranhas. Ele casualmente afirmou que ele era de Taured, na fronteira entre a França e a Espanha. Os oficiais disseram-lhe que Taured não existia, mas ele apresentou-os o seu passaporte — quando questionado pelo país inexistente de Taured — que também mostrava os carimbos, corroborando com suas viagens de negócios anteriores para o Japão e outros países. Seu documento de viagem mostrava que ele vinha de um país que ninguém havia escutado a respeito em suas carreiras.  Mesmo os agentes com mais tempo de serviço estavam frustrados pelo passaporte que, apesar de sua imparidade, parecia ser autêntico.
Enquanto os agentes da alfândega estavam confusos, o sujeito ficava cada vez mais irado.  Ele alegava que estava no Japão a negócios e que já era sua a terceira viagem naquele ano.  Ele havia viajado para o Japão por mais de cinco anos e sua companhia era uma subsidiária de um conglomerado internacional que estava em crescimento. Apesar de ter sido verdade que o passaporte do homem corroborava sua história, pois o documento continha muitos carimbos e vistos, nenhum registro deste país existia. 

No entanto, quando ligaram para a empresa com que ele disse que iria ter uma reunião, eles disseram que nunca tinham ouvido falar dele ou de sua empresa, até o presente momento. O hotel em que ele tinha reservado um quarto, não possuía reserva para tal pessoa, e o banco listado em seu talão de cheques, parecia não existir.
Igualmente intrigante eram os outros documentos do homem: ele carregava uma carteira de motorista emitida pelo seu país, mas o país não existia.  Ele também tinha uma carteira de motorista internacional, mas esta também era inválida


zona33, universos paralelos, mistério, taured, tóquio, insólito, casos reais, viagem entre dimensões
 Mapa do Principado de Andorra, onde ele alegava ficar Taured.

O homem barbudo zombou; certamente, isso seria uma pegadinha muito bem elaborada que estavam lhe pregando. Os funcionários aduaneiros mostraram-lhe um mapa e apontaram para o pequeno país de Andorra. Talvez esse seria o seu verdadeiro país de origem e de alguma forma ele teria se confundido ou talvez estaria brincando... O homem ficou irado, dizendo que Andorra não existia, mas era exatamente onde Taured deveria estar. Segundo ele, seu país já existiria há mil anos. Ainda em choque com sua terra natal extraviada, o misterioso homem foi detido pela alfândega e confinado em um quarto de um hotel próximo, para passar a noite enquanto as autoridades tentavam descobrir o que estava acontecendo.
Dois agentes de imigração ficaram no hotel com ordens para não permitir que o homem deixasse seu quarto. Após comer uma pequena janta fornecida pelo hotel, o homem sem país foi para seu quarto.
Os guardas mantiveram seus postos no corredor, fora do quarto do hotel.  Em momento algum eles escutaram qualquer som vindo do quarto.

O Desaparecimento

Na manhã seguinte, o mistério se aprofundou. O homem de Taured e único residente conhecido, havia desaparecido completamente do seu quarto de hotel. A única saída do quarto era pela porta que eles vigiavam e a única janela ficava muito acima de uma rua movimentada.
E para piorar as coisas, todos os seus documentos pessoais — incluindo o passaporte e a carteira de motorista, emitidos pelo misterioso país — desaparecem da sala de segurança do aeroporto. A polícia e os funcionários do aeroporto procuraram em vão o homem misterioso. Era como se todo o encontro nunca tivesse realmente acontecido.
Os agentes aduaneiros e de imigração, bem como a polícia de Tóquio, deram início à uma busca intensa pelo incrível viajante, mas não obtiveram sucesso. O homem de Taured desapareceu para nunca mais ser visto... pelo menos nesse mundo.

zona33, universos paralelos, mistério, taured, tóquio, insólito, casos reais, viagem entre dimensões
Reconstrução da aparência do homem de Taured

Evidências documentadas

Nenhuma documentação comprovando esta história veio à tona ao grande público, mas foi mencionado em vários livros, incluindo o Diretório de Possibilidades (1981, p 86). E Estranho, mas real: misteriosas e estranhas pessoas (1999, p 64.). E, dado seu final enigmático, duvido que qualquer funcionário teria escrito um relatório concluindo que o homem e toda a sua evidência documentada simplesmente desapareceram.

Surpreendentemente, viajantes extraviados, como o homem de negócios de Taured têm aparecido em muitas ocasiões. Em 1851, um homem foi encontrado vagando em Frankfurt an der Oder, no nordeste da Alemanha, o qual alegou ser de um país chamado Laxaria, no continente Sakria. Outro jovem que falava uma língua completamente irreconhecível foi pego roubando um pedaço de pão em Paris, em 1905; ele de alguma forma, alegava ser de Lizbia, que as autoridades assumiram ser Lisboa, mas sua língua não era o português e nem ele reconheceu um mapa de Portugal como sua terra natal.

Estaria Taured lá fora, em algum lugar? E o que dizer sobre Laxaria ou Lizbia? Será que esses homens atravessaram dimensões? Ou estariam apenas perpetrando uma fraude ou seriam então, doentes mentais?

Sobre os direitos autorais deste artigo, consulte os termos de uso do blog. Caso possua os direitos sobre algum texto ou imagem(s) aqui descritos, entre em contato.

Curta nossa fanpage no facebook



- Deixe seu comentário -

 
Est. 2013

Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas de seus respectivos proprietários.