Entidades sobrenaturais

8 Terríveis criaturas que atacam na hora do sono

|
Nada como deitar na cama após um dia cansativo. Pode até parecer para alguns, mas os "poderes mágicos protetores" do cobertor nem sempre te protegerá do ataque de criaturas malévolas que espreitam o sono. Como temática dessa lista, eu falarei sobre 8 criaturas sinistras que atacam as pessoas durante a hora do sono. Confiram.



08.

Shadow People

Os seres das sombras
mosntros, sono, criaturas, entidades, mal, terror, medo, pesadelo
Os Shadow People (Povo das Sombras), são alguns dos seres mais assustadores já vistos, isso se dá pelo fato deles poderem aparecer em qualquer lugar, até mesmo agora, ai ao seu lado enquanto você lê esse texto. Ninguém sabe de onde são nem o que querem, mas é inegável o fato de pelo menos uma vez na vida você já ter visto um desses seres com o canto dos olhos, te observando de algum canto, enquanto você assistia a televisão no escuro, ou mesmo tarde da noite, ao lado de sua cama.

Desde o início dos tempos, a humanidade vem relatando aparições de seres misteriosos nas sombras, dependendo da crença de cada religioso que os vê, logo são nomeados conforme a religião e a interpretação da pessoa. Espíritas dizem se tratar de almas atormentadas que procuram nosso plano para tentarem realizar seus desejos e vícios carnais. Já os umbandistas dizem se tratar da aparição de exus, essa crença ganha mais força ainda, após os frequentes avistamentos desses seres rondando cemitérios e até mesmo espiando ao longe os velórios.

Apesar desses seres misteriosos aparecerem em quase todos os lugares, existe um local onde é relatado maior frequência de aparições, e infelizmente este lugar é ao lado da nossa cama. Geralmente eles não se mostram por mais do que alguns milésimos de segundo, sendo possível vê-los somente através da visão periférica. Possuem um aspecto humanoide, algumas pessoas relatam já terem visto entidades contorcidas em posições macabras, espreitando. Outras pessoas afirmam terem sentido a presença de alguém e ao se virarem para inspecionar o quarto, viram um homem "feito de sombra" que se movia rapidamente de forma desengonçada e apavorante, muitas vezes, rindo freneticamente.

Para completar o pavor, geralmente a aparição desses seres causam paralisia na pessoa que os vê, fazendo o sentimento de horror ficar incontrolável para o(a) pobre infeliz. Mas a paralisia só ocorre quando a pessoa está sozinha, já nos casos em que a pessoa está na companhia de alguém, a entidade se manifesta de forma mais rápida, tornando quase impossível mostrar a aparição aos presentes no local. Apesar de ser raro, algumas pessoas já relataram terem visto olhos vermelhos nessas entidades. Outra aparição comum que se enquadra nesse caso, é o temido "homem do chapéu" o qual é visto por pessoas do mundo todo.



07.

Pisadeira

mosntros, sono, criaturas, entidades, mal, terror, medo, pesadelo
Conta-se que a Pisadeira é uma velha com garras compridas e de aparência medonha que surge no meio da noite e pisa sobre a barriga das pessoas, tentando asfixia-las. Considerada a verdadeira personificação do pesadelo, essa lenda de origem brasileira é muito popular no estado de Minas Gerais e São Paulo.

A Pisadeira é descrita também como uma mulher muito magra, com dedos compridos e secos, unhas enormes, sujas e amareladas. Tem as pernas curtas, cabelo desgrenhado, nariz enorme com muitos pelos, como um gavião. Os olhos são vermelho fogo, malignos e arregalados. O queixo é revirado para cima e a boca sempre escancarada, com dentes esverdeados e à mostra. Costuma sempre gargalhar. Uma gargalhada estridente e horripilante.
Conta a lenda que a Pisadeira fica rondando em cima dos telhados das casas à noite. observando os movimentos dentro das residências e ataca sempre que vê a oportunidade. Geralmente o ataque ocorre pós o jantar, quando o infeliz vai dormir de barriga cheia, essa é a hora preferida da velhinha macabra entrar em ação. Sai de seu esconderijo, entra no quarto (sem nunca ser vista por ninguém da casa) e pisa no peito da pessoa, deixando-a em estado de paralisia. Porém, a vítima da Pisadeira consegue acompanhar e ver tudo de forma consciente o que traz grande desespero para a pessoa, pois fica totalmente impotente frente ao ataque da Pisadeira.

Apesar de sua aparência quase esquelética, a Pisadeira apresenta um peso descomunal, assim como uma força muito grande para alguém de seu porte físico. Algumas pessoas que foram atacadas pela Pisadeira afirmaram não terem visto nada, só sentindo a presença e o peso da criatura. Já outros, relataram terem sentido e visto o ser em toda a sua feiura característica. As vítimas contam também que enquanto a Pisadeira os asfixiava, costumava emitir enormes gargalhadas de prazer. E para o pavor das vítimas, somente elas puderam escutar, as outras pessoas da casa relatam não terem escutado nada, somente o grito de desespero da vítima, quando a Pisadeira cessava o ataque.
O tempo de duração do ataque costuma variar bastante, de poucos segundos há alguns muitos minutos e em alguns casos até mesmo horas. Existem muitas mortes ocorridas enquanto as pessoas estavam dormindo que são associadas à Pisadeira.
Mesmo os sortudos que conseguem se desvencilhar do assustador ataque ,não podem baixar a guarda nunca, já que a entidade se alimenta do medo deles. Portanto, a chance de ocorrer um segundo ataque é grande.



06.

Mare

mosntros, sono, criaturas, entidades, mal, terror, medo, pesadelo
Etimologicamente, o termo Nightmare (pesadelo, em português) é derivado da palavra MARE, do antigo inglês, que se refere à um duende mitológico ou demônio, que atormenta as pessoas enquanto elas dormem, para provocar nelas sonhos terríveis. A palavra Nightmare é aparentada com a palavra alemã mais velha, Nachtmahr. Da mesma forma o cauchemar, termo francês que significa "demônio que pisoteia." O significado da palavra proto-germânica é um demônio ou espírito do mal que sobe no peito da pessoa enquanto ela dorme, semelhantemente à Pisadeira, do item anterior.
Ao contrário da Pisadeira, que tem a predileção por atacar pessoas que foram dormir com a barriga cheia, os Mares não fazem distinção, seu único objetivo é provocar terríveis pesadelos e paralisia em suas vítimas.

05.

Elfos Mecânicos

Machine Elves
mosntros, sono, criaturas, entidades, mal, terror, medo, pesadelo
Elfos Mecânicos (também conhecidos como elfos fractais, duendes mecânicos metamórficos) é um termo cunhado pelo etnobotânico, escritor e filósofo, Terence McKenna, para descrever as aparentes entidades, que são muitas vezes relatadas por indivíduos que usam drogas psicodélicas à base de triptamina, especialmente o DMT.

Referências à essas criaturas podem ser encontradas em muitas culturas, que vão desde as tradições xamânicas dos nativos americanos, até os indígenas australianos e tribos africanas, bem como entre os usuários ocidentais destas substâncias.
Segundo os relatos, essas criaturas possuem formas fractais, como de joias, mandalas e etc, e parecem extremamente excitadas e felizes ao depararem-se com alguma pessoa, comunicando-se extasiadamente, e realizando feitos os quais parecem transcender os limites de nossa dimensão.

Apesar de não serem exatamente criaturas malévolas, e não aparecerem para as pessoas na hora do sono — mas sim em uma viagem louca  de ayahuasca — eu inclui-os na lista à titulo de curiosidade, visto que muitos relataram como sendo incentivados por eles à fazerem coisas estranhas e até mesmo forçados. Enfim... que viagem!



04.

Ardat Lili

Lilitu
mosntros, sono, criaturas, entidades, mal, terror, medo, pesadelo
Ardat lili ou Lilitu, um espírito sumério malígno, é um dos primeiros demônios-bruxa. Ela era capaz de voar — o que ela prefere fazer à noite, momento em que ela frequentemente ataca homens em seu sono. Ela é pensado como sendo o protótipo para o hebraico Lilith e a Lamia romana. Todos esses espíritos femininos ou demônios, têm em comum uma associação com ataques noturnos. Além disso, há uma série de espíritos afins, descritos no Oriente Médio e folclore Europeu, com conotações de pular em cima, oprimir, ou esmagar indivíduos no peito, enquanto tentam dormir à noite.

O arquétipo de Ardat Lili também lembra bem  o conceito de Súcubo, já que visa atacar homens durante o sono. Visto que essa é uma criatura do folclore Sumério, que remonta à 6.500 a.C., vemos que o conceito desse tipo de criatura está presente na nossa sociedade à milhares e milhares de anos!



03.

Aliens

Abduções
mosntros, sono, criaturas, entidades, mal, terror, medo, pesadelo, ufo, aliens
Em 1991, o Instituto Roper fez uma pesquisa e apurou: 3,7 milhões de americanos disseram ter sido abduzidos – ou seja, sequestrados por ETs. O mesmo instituto repetiu a pesquisa em 2002: dessa vez, “só” 2,9 milhões de americanos apresentavam sintomas que os especialistas associam ao fenômeno da abdução. Alguns deles: despertar com a sensação de uma presença no quarto, ver luzes estranhas sem saber de onde elas vêm, ter a sensação de flutuar no ar, encontrar cicatrizes de origem desconhecida no corpo e não se lembrar de onde esteve ou do que fez durante um certo lapso de tempo.

A mais célebre história de abdução envolveu o casal Barney e Betty Hill. No dia 19 de setembro de 1961, eles voltavam de férias no Canadá para New Hampshire, nos Estados Unidos. Já perto de casa, tiveram uma súbita sensação de formigamento, seguida de forte sonolência. Algum tempo depois, já em casa, Betty notou que estava com as roupas rasgadas e Barney, com os sapatos arranhados. O curioso é que eles não se lembravam do que havia se passado no trecho final da viagem. Era como se as últimas horas tivessem sido apagadas da memória.

Com o tempo, pesadelos começaram a atormentar Barney e Betty. Os dois decidiram procurar ajuda psiquiátrica. Por meio da regressão hipnótica, relembraram os últimos momentos da viagem: o casal teria sido retirado do carro por seres humanoides de cerca de 1,50 metro de altura e submetido a diversos exames invasivos. Barney disse que um aparelho foi introduzido em seu abdômen. Betty teria conseguido comunicar-se com o líder do grupo, que apontou um mapa celeste e revelou de onde vinha. Mais tarde, Betty desenhou o tal mapa com uma incrível riqueza de detalhes. Segundo uma especialista, tratava-se de uma rota ligando as estrelas Zeta 1 e Zeta 2 ao nosso planeta.

Viagem total, loucura ou realidade, o fato é que milhões e milhões de pessoas relatam tais experiências no mundo todo, não só nos Estados Unidos, onde essa pesquisa ocorreu. Ou temos o maior caso de histeria em massa da história, ou é melhor você ficar esperto na hora de dormir, pois é nessa hora que a maior parte das vítimas relatou ser abduzida.



02.

Corvo Escarnecedor

Raven Mocker
mosntros, sono, criaturas, entidades, mal, terror, medo, pesadelo
O Ayeliski Kalona ou, o corvo escarnecedor (raven mocker), é uma figura maligna e impiedosa das lendas Cherokee. Descrito como um espírito do mal, um anjo da morte, ele é temido por todos, incluindo outros espíritos e bruxas. O objetivo do Corvo Escarnecedor é torturar e atormentar uma pessoa que esteja morrendo, para acelerar o processo de sua morte. Uma vez morta, o Corvo Escarnecedor tenta consumir o coração da pessoa, para reforçar sua própria força vital. Para cada ano em que o moribundo teria vivido, o Corvo Escarnecedor acrescenta à sua própria vida.

A aparência física do Corvo Escarnecedor é dupla. Uma, é quando ele está atacando a pessoa que está morrendo, nessa forma, ele lembra um ser muito velho e frágil. Isto é devido ao fato de terem absorvido muitas vidas de vítimas anteriores. No outro caso, quando eles viajam até a pessoa que está morrendo, eles lembram corvos malévolos e demoníacos.

Ao cair da noite, quando uma pessoa é conhecida por estar morrendo, o Corvo Escarnecedor se transforma. Tomando a aparência de um corvo de verdade, o Corvo Escarnecedor voa pelo céu noturno, como uma visão aterradora deslizando pela noite, gritando e gemendo, anunciando a sua presença. O seu nome tem origem no fato de que ele fica voando acima do quarto da vítima, produzindo sons horríveis, como se zombasse de sua vítima, até que então, ele adentra o seu quarto.

Uma vez no quarto do moribundo, outras bruxas e espíritos malignos se reúnem no local para ajudar o Corvo Escarnecedor à atacar a vítima. O Corvo Escarnecedor e os outros maus espíritos são invisíveis, assim, quando eles começam a tortura, o moribundo só aparenta ter asfixia e falta de ar, para os que estão ao seu redor, quando na realidade ele está sendo torturado pelos espíritos malignos (ou seja, a pessoa tá literalmente 'no bico do corvo'). Em uma escada hierárquica de espíritos malignos, o Corvo Escarnecedor é definitivamente um dos piores. Similar à um grande predador, quando outros espíritos que tentam matar um homem moribundo ouvem o Corvo Esarnecedor, eles imediatamente fogem da área.

mosntros, sono, criaturas, entidades, mal, terror, medo, pesadeloAlgumas famílias Cherokee, chegam a contratar poderosos curandeiros para vigiarem o quarto do parente moribundo. A existência dessas criaturas é muito temida na cultura Cherokee. Existem também, contos de um famoso caçador de Corvos Escarnecedores, Gskli'sk, que matou muitos desses maus espíritos.

A foto ao lado, foi tirada de um monitor de vigilância em um hospital, por uma enfermeira. A figura sombria é atribuída possivelmente à um corvo escarnecedor. Poucas horas depois disso, o paciente veio a falecer.

Bom, se você não está de cama, doente, então não há com o que se preocupar.



01.

Fantasma da viúva

mosntros, sono, criaturas, entidades, mal, terror, medo, pesadelo
Você certamente já assistiu o filme "A hora do pesadelo" (Nightmare on Elm Street) e viu Freedy Krueger tocando o terror na galera, enquanto dormiam. O que talvez você não sabia, é que Wess Craven, o diretor e roteirista do filme, se inspirou em eventos reais.

Síndrome da morte súbita é um fenômeno relatado entre certos homens da Tailândia , que estão aparentemente sendo mortos durante o sono por espíritos conhecidos como "fantasmas da viúva". Esses seriam os fantasmas de mulheres particularmente sexy's que encontraram uma morte violenta. Agora, elas estão por aí matando os homens e levando suas almas como maridos. Um pânico generalizado sobre os fantasmas da viúva eclodiu no nordeste da Tailândia, em 1990. Uma vez que os fantasmas só atacaram os homens, alguns jovens tailandeses passaram a usar batom e unhas postiças na cama, a fim de enganar os espíritos para que pensassem que eles eram na verdade mulheres. No entanto, a principal estratégia para afastar esses fantasmas malévolos, seriam esculturas de pênis pendurados no pescoço ou próximos do homem, enquanto ele dorme. Ou seja, o fantasma quer homem mas tem medo de pinto. Bipolar.

Fora da Tailândia, são poucos os casos atribuídos à esse fantasma, em particular. O fato é que existem relatos de pessoas aterrorizadas, que evitavam à todo custo dormir, com medo de algo que aparecia em seus sonhos. Um certo jovem, após muita recusa em dormir, despertou a preocupação de sua família.
Após algum tempo, encontraram-no dormindo tranquilamente em sua poltrona, o que trouxe alívio — por pouco tempo. O jovem estava morto, morreu durante o sono, e uma garrafa de café foi encontrada em seu guarda-roupa. O que quer que tenha sido o motivo de sua recusa em dormir, seria isso que provocou a sua morte? Mil tretas.


monstros, aliens, ets, ovnis, entidades, criaturas